quarta-feira, 27 de abril de 2016

Microfisioterapia na Ejaculação Precoce


>





Todo corpo é capaz de se auto-curar, pois possuímos milhões de anticorpos, células responsáveis pela destruição dos agentes agressores. Por isso, a técnica mostra ao corpo onde estão esses agressores e ele aprende a expulsá-los sem o uso de medicamentos.

Os resquícios da agressão primária ficaram armazenados na memória do tecido, pois o sistema imunológico não conseguiu eliminar o agente agressor quando ele agiu no início. Esta é a chamada cicatriz patológica. Então, ele continua presente no tecido, atrapalhando o bom funcionamento das células, que perdem a sua vitalidade.

Para encontrar esses agressores, o terapeuta faz uma microapalpação, ou seja, ele apalpa todo o corpo da pessoa até que encontre o local onde essas memórias foram armazenadas. Nem sempre elas estão no lugar em que foram somatizadas. A micropalpação é feita com as duas mãos do terapeuta indo uma ao encontro da outra. Porém, o importante não é o que há sob as suas mãos, mas entre as duas mãos. Todo o organismo tem uma vitalidade, e ela é externada pela pele. Portanto, quando o fisioterapeuta não encontra essa vitalidade no tecido entre as suas mãos, pode avisar ao sistema imunológico e fazer com que ele funcione, eliminando esse agente.

Para isso, é feita uma simulação manual de como se fosse o agente agressor a atacar o corpo novamente. Dessa vez, o corpo vai conseguir eliminá-lo de modo eficiente, livrando-se da doença e dos sintomas. Essas cicatrizes podem ser causadas por lembranças que levaram à frustrações, à tristezas profundas ou à ansiedade. Essas doenças são chamadas psicossomáticas, ou seja, são causadas pelo estado emocional da pessoa.

Por isso, a microfisioterapia é uma técnica que pode causar grandes avanços no tratamento da Ejaculação Precoce. Como geralmente ela é uma disfunção causada pelo estado de ansiedade ou de estresse em que se encontra o homem, pode ser facilmente eliminada por essa técnica. Ao tratar desses sentimentos, o problema pode ser sanado de vez, sem deixar resquícios, pois o homem ganhará auto-confiança e se livrará de todos os maus sentimentos que ficaram em sua memória.

As sessões duram de 30 a 45 minutos e, se o terapeuta descobrir a cicatriz patológica no primeiro encontro, o paciente já está liberado. No entanto, normalmente, são recomendadas até 3 sessões para o corpo se acostumar. O espaço entre as sessões deve ser de 20 a 30 dias para que o corpo aprenda os mecanismos da cura. Depois disso, o paciente está livre e os sintomas amenizados ou curados.

Para ajudar na microfisioterapia, há tratamentos naturais que podem ser feitos, com o uso de exercícios fáceis e simples de serem realizados. Assim, a vida sexual do casal poderá ser completamente feliz

Nenhum comentário:

Postar um comentário